(+351) 224.037.364 info@alkaline-care.pt

DESEMPENHO NO DESPORTO

Como é que a alcalinidade pode ajudar a melhorar o seu desempenho atlético?

Aplicar os 4 pilares de alcalinidade favorece a prática eficiente do desporto, aumentando o nosso nível de energia, aumentando o desempenho atlético, gerando menos desgaste físico e optimizando a recuperação após o treino. Além de minimizar o risco de lesões, cãibras e contraturas.

Por que é que os atletas acidificam facilmente?

As pessoas que praticam desporto de alta intensidade e de forma prolongada, têm maior desgaste de recursos e acidificam mais. Isso ocorre porque geram uma grande quantidade de radicais livres devido aos altos níveis de stresse oxidativo a que estão sujeitos. E isso leva, muitas vezes, ao envelhecimento precoce, especialmente das articulações, tendões e músculos.

HIDRATAÇÃO:
O ser humano perde cerca de 2 litros de água por dia através da urina, transpiração, respiração e defecação. E durante a prática desportiva, esta perda é muito maior, especialmente no verão. É especialmente importante hidratar-se adequadamente quando praticamos desporto, uma vez que ao suar mais, a quantidade de água que se perde é maior.

Hidratar-se bem, permite ao atleta não só recuperar a água perdida, mas também remover metabólitos ácido (ácido láctico) que se produzem durante o treino. Na verdade, um treino prolongado e de alta intensidade pode causar azotemia, estado em que encontramos uma alta concentração de nitrogênio no sangue (uréia e creatinina), resultante do metabolismo de proteínas.

Que tipo de água devo beber?

A água alcalina ionizada actua como se fosse “sabão”, ajudando a eliminar as toxinas produzidas durante o treino.

Ao beber água alcalina, o atleta irá aumentar a sua força e resistência, uma vez que graças aos seus minerais, os impulsos nervosos, contração muscular e circulação da micro-electricidade do organismo funcionarão melhor e mais rápido.

Outro aspecto importante da água alcalina é que irá evitar a sobrecarga dos rins durante e após o exercício.

Além disso, a água alcalina mantém os tecidos oxigenados e hidratados, ajudando a melhorar o desempenho desportivo e facilitando a recuperação após desporto.

E em que quantidade?

A nossa recomendação no caso dos atletas, é beber cerca de 1 litro de água ionizada alcalina, por dia, por cada 18 kg de peso.

Aconselhamos especialmente a beber 1 litro de água alcalina meia hora antes do treino, e hidratar-se durante e após a prática desportiva, pelo menos, com outro litro.

Como posso alcalinizar a água?

Pode obter água alcalina de qualidade com a Jarra PHYDO ou com as gotas alcalinizantes PuripHy. Também existem máquinas ionizadoras para esse efeito, embora sejam mais sofisticadas e têm um maior custo de aquisição.

Recomendamos também manter uma dieta alcalina saudável, repleta de legumes e vegetais ricos em minerais e água.

NUTRIÇÃO
Um atleta tem um maior desgaste de recursos do que uma pessoa com uma vida mais sedentária. Não nos referimos somente às calorias, mas também aos sais minerais, vitaminas, gorduras e outros nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo. É deles que depende o seu nível de energia, resistência, força e recuperação após o desporto.

O que devemos comer para preencher o fornecimento de nutrientes necessários?

Uma dieta adequada às necessidades e exigências dos, deve garantir dois aspectos básicos:

  1. Fornecer uma grande quantidade de nutrientes, para repôr as perdas durante o treino
  2. Ser muito depurativa, para eliminar corretamente os resíduos ácidos produzidos pela prática desportiva intensa e continuada.

Assim, a dieta deverá ser rica em vegetais de folha verde e clorofila, que forneçam aminoácidos, minerais, vitaminas e fitonutrientes e hidratos de carbono integrais.

Os vegetais de folhas verdes, algas, e rebentos são particularmente desejáveis porque são ricos em clorofila, essencial para ajudar a oxigenar o sangue e melhorar a qualidade e a quantidade de glóbulos vermelhos (hemácias). E a qualidade do nosso sangue, determina a quantidade de massa muscular que se pode desenvolver.

A forma ideal para consumir vegetais é preferenciamente crus, porque assim são preservados grande parte dos seus nutrientes, e pode fazê-lo facilmente com smoothies, smcos verdes e/ou saladas.

Deve-se suplementar a dieta de um atleta?

Os atletas irão beneficiar bastante se incluirem super alimentos verde em pó e clorofila líquida nas suas vidas diárias. Super alimentos feitos a partir de ervas e folhas verdes, adicionam um extra à sua dieta e complementam-na perfeitamente.

O atleta vai notar mais força e resistência, melhor desenvolvimento da massa muscular, recuperação mais rápida e minimizará o risco de lesões.

Recomendamos incluir a mistura patenteada de Alkaline 16 Greens, pela sua fórmula única e processamento delicado que cuida e respeita os vegetais, por forma a preservar a maioria dos seus nutrientes.

DOSAGEM: A dose recomendada durante um treino intenso é de 4 a 6 colheres diárias, em água alcalina.

Também aconselhamos a incluir a Liquid ChloropHeal,  uma dose de 30 gotas por dia, diluídas em litro e meio de água alcalina.

REMINERALIZAÇÃO:
Este pilar é especialmente relevante no caso dos atletas, uma vez que, como já mencionado antes, eles perdem muitos minerais através da transpiração.

A importância dos minerais no desporto

Para além de serem essenciais para a manutenção do equilíbrio do pH, os minerais como potássio, magnésio, cálcio e sódio, são necessários para que as ligações neurais sejam adequadas, os músculos se contraiam correctamente, e a micro-electricidade circule através do sistema. Sem eles, o coração não pode funcionar e bombear normalmente.

No desporto, os minerais também desempenham um papel importante. Quando há falta de minerais como magnésio e potássio, ocorrem facilmente cãibras, espasmos musculares, possíveis rupturas fibrilares, assim como nos sentimos mais cansados e fracos.

São igualmente essenciais para alcalinizar o corpo depois de praticar desporto, o qual envolve a produção de uma grande quantidade de resíduos ácidos. Se a pessoa não tem reservas minerais e continuar a fazer o exercício intenso, os resíduos tóxicos acumulam-se gerando um desequilíbrio do pH, o que leva a pessoa a sentir-se cada vez mais cansada e podendo lesionar-se mais facilmente.

Como repôr os minerais?

Podemos repôr minerais através de dieta e suplementação natural.

Se queremos aumentar a ingestão de minerais através de dieta, é preciso lembrar que os minerais são encontrados principalmente em frutas e vegetais, nozes e sementes. Também são encontrados em legumes, aconselhamos a comer os rebentos, o que os torna mais fáceis de digerir e assimiláveis.

Também podemos completar a nossa dieta com sais carbonatados alcalinizantes, de origem natural, como os pHour Salts.

DOSAGEM: Recomendamos tomar 3 a 5 colheres de pHour Salts por dia, dilúidos em bastante água, antes, durante e após o treino físico.

Recomendamos também a adição das gotas alcalinas PuripHy à água, sumos, smoothies verdes e chás.

DESINTOXICAÇÃO:
Manter o organismo livre de toxinas é fundamental, não só para equilibrar o pH, mas também para optimizar o nosso desempenho no desporto.

Sabemos que fazer exercício intenso, gera ácidos tóxicos que são importantes neutralizar e remover.

Quando os nossos filtros naturais de eliminação (fígado, pulmões, rins e pele) estão saturados, a toxicidade começa a acumular-se no nosso organismo e o desempenho atlético diminui..

É essencial limpar periodicamente os filtros, para que o sangue circule livre de toxicidade e com um nível elevado de oxigénio.

Como podemos manter os nossos corpos depurados?

Se os nossos filtros estiverem limpos, o nosso desempenho desportivo melhora drasticamente, teremos mais força e resistência, e também nós desgastaremos muito menos.

Para manter estes resultados, a nossa recomendação é realizar uma limpeza periódica da fígado, rins e cólon.

Também podemos desintoxicar os nossos “orgãos de limpeza” através de dieta, incluindo smoothies verdes e sumos, bem como aumentar a ingestão de vegetais crus e frutas. Por serem rico em fibras, ajudam-nos a captar e eliminar os ácidos e toxinas.

A clorofila líquida também é uma grande aliada para a desintoxicação de órgãos e de sangue, uma vez que ajuda a purificar de forma suave e natural, proporcionando-lhes abundância de oxigénio.

DOSAGEM: tomar entre 40 a 45 gotas de clorofila por dia, divididos em 3 doses. Pode ser adicionada à água alcalina ou batidos verdes e sumos.

Outra boa opção é levar o pHlush, suplemento alimentar que alcaliniza o sistema digestivo, limpa o cólon e ajuda a eliminar o detritos acumulados nas paredes intestinais. PHlush, cuida e respeita a flora intestinal pela sua delicada fórmula natural e exclusiva.

DOSAGEM: Tomar 1 a 3 colheres de chá do produto dia, dependendo do peso da pessoa. No caso de atletas, recomendamos pelo menos 1 limpeza por mês com pHlush.